Skip to content Skip to navigation

Memória, Escravidão e Cidadania: Imagens

Cemitério

Coleção Aloysio Clemente Breves



Nas pesquisas de campo, antes e no decorrer do projeto, em meio a Jongos, Calangos e Folias, retornava-se freqüentemente ao século XIX. Do litoral Sul Fluminense, ao antigo Vale do Paraíba, histórias se reconstruíram, rememorando os últimos desembarques de africanos no Rio de Janeiro, os "causos" do Tempo do Cativeiro, e as memórias das vidas construídas com as doações de terras e o fim da escravidão. Em todas essas histórias, que na maioria das vezes são lembranças próprias de família, revisitava-se constantemente um tempo: "o tempo dos Breves".  [ver mais]

 

Memórias do Cativeiro: Imagens

A coleção Memórias do Cativeiro: Imagens compõe-se de três séries de fotografias relacionadas ao Projeto Memórias do Cativeiro. As duas primeiras séries são compostas por fotos dos entrevistados [série 1] e de fotos de fotos de família [série 2] produzidas para a tese de doutoramento em História de Ana Maria Lugão Rios - My Mother was a Slave, not me! Black Pesantry and Local Politics in Southeast Brazil, c. 1870, c. 1940, University of Minnesota, 2001[fotos da pesquisadora];
A terceira série é composta por fotos da Comunidade Negra Rural de São José da Serra [série 3], em Valença, no Rio de Janeiro, cujo relatório de Identificação como remanescente de quilombo para efeitos de aplicação do artigo 68 do Ato as Disposições Constitucionais Transitórias de 1988 foi redigido por Hebe Maria Mattos e Lídia Meirelles, em 1999. As entrevistas de Dona Zeferina e Seu Manoel Seabra, líderes da comunidade, fazem parte do acervo oral Memórias do Cativeiro [fotos Lídia Meirelles e Isabel Castro].
 
 

Projeto Jongos, Calangos e Folias

 A Universidade Federal Fluminense, através do Laboratório de História Oral e Imagem (LABHOI/UFF) e do Núcleo de Pesquisa em História Cultural (NUPEHC/UFF) desenvolve o projeto Jongos, Calangos e Folias: Memória e Música Negra em comunidades rurais do Rio de Janeiro.Com origem nas lutas dos últimos escravos pela liberdade, jongos, calangos e folias afirmam identidades negras e contribuem para uma luta política mais ampla, hoje visualizada em todo o Brasil, de combate às desigualdades raciais e culturais.O objetivo do projeto é registrar tais manifestações e a história das comunidades que as protagonizam, disponibilizando o material produzido no Acervo UFF Petrobrás Cultural de Memória e Música Negra do LABHOI/UFF, além de produzir material didático e historiográfico, nos termos das Diretrizes para o ensino da História da África e da Cultura Afro-Brasileira. O projeto recebeu patrocínio do Edital Petrobrás Cultural / 2005.

 

Resgate

A coleção de fotografias da coleção Resgate é composta por um conjunto de 236 fotos organizadas em dois álbuns e por mais 22 fotos avulsas que foram mantidas pela família Vallim. Apesar das fotos, em sua maioria, não estarem datadas, alguns indícios, tais como fotógrafos, as opções técnicas e estéticas, a indumentária, as inscrições escritas nas próprias fotos e algumas fotos com data, forneceram elementos para datar a coleção entre 1860-1890.

Seção: 
Linha de Pesquisa: